• Cassio Galhardo

Marketplace e seus mitos

Atualizado: 14 de Mar de 2019

Trabalho com e-commerce desde 1999, um dos dinossauros brasileiros no segmento e como acompanhamos toda a evolução desse mercado, a cerca de 4 anos, nós que fazíamos a gestão de operações B2B, vimos o Marketplace dar um outro rumo ao mercado de e-commerce e no modelo de negócio.


Fomos a agência pioneira na Gestão de Marketplaces, usamos todo nosso conhecimento para ajudar as empresas que representávamos a desbravar esse novo negócio e de lá para cá, já ouvimos muitas promessas de Hubs e Plataformas de que tudo seria muito fácil, mas o Marketplace definitivamente não tem nada de Plug&Play, alguns players se adaptaram mais facilmente, facilitando a vida de quem quer vender e outros ainda esperam que lojas e empresas que estão ávidas a se conectar para chegar ao "Eden" que fiquem ali se debatendo e tentando e tentando.


Para nós não foi diferente e até hoje aprendemos e temos que nos adaptar as mudanças, o que sei é que o Marketplace nada mais é do que uma loja franquiada de sua loja virtual, onde você vê tudo acontecer, mas não pode interferir em muita coisa que resolveria num telefonema, mas que emperra em processos burocráticos, anunciados como dotados de Inteligência Artificiar para ser resolvido, mas para chegar até o fim, você vai ter que ter boa vontade extrema.


Eu conto isso para as empresas que temos e as novas que nos procuram, mas incrédulas, pois não podem acreditar que a coisa não seja tão organizada quando se envolve players de tamanha proporção, onde imaginal que tudo é como o funcionamento de um relógio, doce engano ! Tem muita coisa boa, é uma oportunidade de negócio, mais necessita de uma gestão dedicada.


Muita coisa melhorou, não posso negar, mas temos ainda inúmeras barreiras e os custos não são baixos, por isso a conta tem que ser feita na ponta do lápis, mas no meu ponto de vista, os players cometem um grande erro, que é tratar fabricantes e importadores, como tratam uma pequena loja e deveriam ter equipes especializadas para essa separação, pois a indústria só vai se encantar se a tratativa for realmente diferenciada, pois a capacidade de geração de negócios seria muito maior e me parece que os players deixaram de fazer o que sempre fizeram, apostar em volumes, com quem tem volume para oferecer, as margens deveriam ser diferentes e todos ganhariam no alto giro das vendas, cada um fazendo o seu melhor papel.


4 visualizações
Selo_EmpresaAssociada.png

Leia nossos artigos:

profissional_ecommerce-top.png
Logo certificado-tray (1).png

FALE CONOSCO:

(15) 3357-3948

(15) 99198-5736 WhatsApp

Rua José J. de Lacerda, 842

18080-040

Sorocaba - SP - Brazil

sac@cr2g.com.br

 

  • cr2g agency
  • cr2g agency